qui. abr 9th, 2020

Mauro Nadvorny & Amigos

A Voz da Esquerda Judaica

Precisamos preservar a vida!

4 min read

Hoje me perguntei se era possível em meio a tantas tragédias com o Corona Vírus, tentar encontrar um meio de falar de coisas boas. Não é fácil, sou sincero em dizer. Os meios de comunicação nos atualizam a cada hora sobre o que está acontecendo no mundo inteiro.

A última grande pandemia foi há dez anos com a Gripe Suína. Antes dela, em 1968 tivemos a Gripe de Hong Kong. No ano em que nasci, 1957 ocorreu a Gripe Asiática. Em 1918 a Gripe Espanhola. Em comum, vírus da gripe em animais que sofreram mutações e infectaram humanos.

De alguma forma, aprendemos com cada uma delas. As vacinas para gripe são um bom exemplo. Eu mesmo tomo há muito anos. No entanto, a cada novo vírus ela precisa ser complementada. O Covid-19 é o recém chegado. Ainda não temos defesa contra ele. Uma vacina é esperada para dentro de um ano.

Do que estamos vendo hoje, a maior lição talvez seja a de que sem um sistema da saúde governamental e universal, nenhum país vai conseguir combater o Corona com eficiência. Não existe maneira de um sistema de saúde privado dar conta de um surto desta natureza. Estou de olho nos EUA para ver como vão lidar com os 22 milhões de americanos sem seguro de saúde.

Neste momento estamos sendo testemunhas da capacidade humana em superar grandes adversidades. Médicos e médicas, enfermeiros e enfermeiras, profissionais da saúde estão na linha de frente enfrentando o vírus com baixas em seu pessoal. Na Itália já são 13 médicos que perderam a vida.

Em todas as cidades, atendentes nos mercados e supermercados abertos, mantém a população abastecida correndo risco de se infectarem. Alguém precisa fazer este trabalho para que a maioria da população possa permanecer em casa.

Existem voluntários entregando gêneros de primeira necessidade para pessoas infectadas que não podem sair. Também entregam para idosos a fim de que permaneçam seguros dentro de casa.

Diante do enorme esforço necessário a contenção do vírus, somente o isolamento social resolve. Sim, ele tem um custo econômico enorme, principalmente para os mais pobres. No entanto, um problema de cada vez e o primeiro deles é preservar a vida. Se as pessoas continuarem saindo de casa, a propagação da doença será exponencial e o sistema de saúde não será capaz de atender a todos infectados. Este é o maior aprendizado com outros países.

O Brasil está começando a sentir o impacto, mas pode fazer a lição de casa com o que já foi feito em cada país onde o vírus chegou com força. Existe a vantagem de poder separar o que foi exitoso do que fracassou nestes lugares. Se não forem tomadas medidas imediatas, o resultado é conhecido.

O maior problema no caso do Brasil é a falta de governo. Temos um executivo inepto em todos os escalões. Quem está na presidência é incapaz de compreender o tamanho do desafio e o que está por vir. Não há como lidar com a magnitude deste verdadeiro Tsunami sem uma liderança dando o exemplo do que se deve fazer, informando a nação dos problemas e apontando os caminhos que devem ser seguidos.

É realmente incrível que praticamente toda a comitiva brasileira que viajou para os EUA esteja infectada, menos o presidente que compartilhou horas e horas com eles. Como é possível que ele ainda não tenha mostrado os resultados de seus exames? Como acreditar nele afirmando que os resultados foram negativos sem a prova?

Se mesmo nos países mais ricos do mundo, onde existem governos fortes e atuantes, o Corona está deixando um rastro de mortos e um enorme impacto econômico o que esperar do Brasil onde o presidente afirma diariamente de que se trata de histeria sobre uma gripezinha?

Minha recomendação, desde Israel, onde já estamos em meio ao crescimento de infectados, é só sair de casa nas próximas duas semanas, se for extremamente necessário. Mesmo assim, use máscara e luvas descartáveis. Não há como saber quem está infectado ainda assintomático.

Trabalhe de casa, se for possível. Mantenha seus filhos em casa também. Leia, joguem cartas, assistam TV, conversem bastante. O Corona vai passar e vocês precisam estar vivos para ajudar na recuperação do planeta.

Deixe uma resposta