27/01/2021

A Voz da Esquerda Judaica

Mauro Nadvorny & Amigos

Não confunda o Judaísmo com Bolsonarismo

2 min read

Sim, sim, há Judeus e Judias que apoiam Bolsonaro, e o fazem não porque sejam Judeus, mas APESAR de serem Judeus, e, ainda, fazem-no de modo individual, não comunitário! Valem-se para isso, não do Judaísmo, mas de sua própria e individual “inteligência”. Não vou julgá-los, pois a Constituição Federal lhes dá direito, INDIVIDUAL, de escolher seu ídolo, seu mito e seu Presidente.

O Judaísmo, o Judaísmo mesmo, em quaisquer de seus coloridos e contornos filosóficos, nada tem a ver com o bolsonarismo, fascismo, nazismo, stalinismo, neoliberalismo, racismo, machismo, misoginia, intolerância, sexismo, antissemitismo, desprezo pelos pobres e doentes, pois (em quaisquer de seus coloridos) o Judaísmo é o resultado histórico milenar de lutas e experiências exatamente contra tudo isso!

E isso, senhores e senhoras, vale para o Cristianismo, Islamismo, Umbandismo, Candomblecismo, Kardecismo, Budismo e, sobretudo, Ateísmo!

(Pietro Nardella-Dellova)

Deixe uma resposta