18/04/2021

A Voz da Esquerda Judaica

Mauro Nadvorny & Amigos

A raça humana

2 min read


Geralmente grandes catástrofes são responsáveis por um número elevado de vítimas humanas. É a natureza que se rebela e de repente um furacão, um tsunami, um vulcão em erupção causa inúmeras mortes.

Como explicar quando os humanos são a causa de catástrofes? Em poucos dias tivemos a derrubada de um avião de passageiros com quase 300 pessoas a bordo por um ser humano. Na Síria, 270 mortes causadas por seres humanos. Em Gaza já estamos próximos de 500 mortes causadas por seres humanos. Nem vou falar do número diário de assassinatos, atentados a bomba etc, ao redor do mundo.


Como é possível que tenhamos feito tanto progresso nas mais variadas tecnologias que nos permitem viver mais e melhor, e ao mesmo tempo não termos criado ainda condições de impedir que humanos matem humanos?


Somos capazes de cometer os atos mais hediondos contra nossos semelhantes, não importa a idade ou o sexo. Matamos indiscriminadamente em nome de Deus, e/ou da pátria, e/ou de uma ideologia e/ou pelo prazer de matar.


Será que a natureza nos criou com tamanho defeito? Será que nunca vamos ser capazes de nos negar a cometer homicídios, sejam eles individuais, coletivos, com ou sem a chancela do estado?

Enaltecemos direitos de uns, sobre os direitos de outros vencendo a lei do mais forte, não a justiça.

Louvamos os gritos de guerra e morte aos outros sobre a voz da paz e da convivência pacífica entre os povos.


Nos solidarizamos com a vingança sobre a razão.


Gratificamos o terror sobre a ternura.


Ainda assim acredito na nossa capacidade de superar tudo isso. De acordo com a tradição judaica 36 justos mantém o mundo. Seja lá onde estiverem, tragam luz sobre esta período de trevas.

Deixe uma resposta